Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Daily Echo

a minimal boost. Breaking habits!

Qui | 03.01.19

2019: objetivos e armário cápsula

Monica

Acordo e vejo que a minha vida está prestes a mudar:  Tenho tudo alinhado para voltar à minha terra, para voltar a ter, permanentemente, as pequenas coisas que me fazem feliz somente quando vou de férias. 

 

Arrumar a tralha toda, outra vez. Lembro-me da última vez que me mudei e não foi pêra doce, 2 semanas depois tínhamos tudo encaixotado e 2 semanas depois estava a mudança feita... Que canseira! Mas vou voltar para a minha terra!! E só isso fez-me levantar da cama, passarinhar pela casa, passando os olhos pelas minhas coisas e perceber quanto espaço em caixas e quantas horas a minha era arrumada. 

 

Em quantas caixas cabe a tua vida? 

 

Como minimalista e sendo a minha única obcessão livros (e cadernos), nunca tive muitas coisas. Mas ficar muito tempo num sitio desarrumado, em obras, sem controlo do espaço e do que temos, acabei por perder um bocado a conta do que tinha. Então com esta nova mudança, reparei que tinha coisas duplicadas, parecidas, umas novas ainda, enfim, coisas a mais. O mais importante de tudo, é ter consciência do que temos e do que precisamos. E começou o embalamento das minhas coisas e, ao mesmo tempo, a contagem e destralhe.

 

A primeira coisa que comecei a arrumar foram os livros. Os meus fiéis livros que demoraram metade do tempo do encaixotamento todo. Descobri que tenho 5 caixas de livros e 2 de roupa. Não que viesse como surpresa, até porque o objetivo de ter feito o armário cápsula era mesmo para ser prático, até numa mudança. 

 

Quando passei para a roupa, decidi contabilizar as peças. Como sempre fiz. Quando me perguntam pelo armário cápsula perguntam-me sempre, mas nunca temos realmente a noção de quanto é, em termos rentáveis, pois não? Nem eu tenho a noção.

 

Fiquei curiosa. A última vez que fiz aqui uma contagem, tinha 86 peças se não me engano, sem contar com casacos. Decidi ir arrumando e perceber o que usava realmente ou não, arrumar o que uso, o que não usei desde do último destralhe, não ficar mais.

 

Cheguei à conclusão, que no meu armário:

  • existem 7 pares de calças - ainda que 2 delas só use de verão.
  • 1 saia e 2 calções que mantenho, uso muito e não sinto falta de mais.
  • 8 vestidos entre os quais 3 são de verão e os restantes de inverno.
  • 23 tops e tshirts. aborreceu-me realmente separá-los e uso-os imenso de inverno, por baixo de uma camisola grande.
  • 13 camisolas de malha ou manga comprida. Daquelas que andamos bem no outono mas de inverno precisa de um casaco adicional.
  • 2 camisas. Sem explicação, e uma delas é de flanela, uso como casaco. 
  • 5 camisolas grossas de inverno. Na verdade, separei estas porque só as uso realmente de inverno. Devem ser as únicas que utilizo apenas numa estação.
  •  

Contabilizei também sapatos e casacos e surgiu isto (as referências são para mim, não há teste para adivinharem qual é o casaco):

  • 1 casaco comprido fino de malha. Era o único que usava então despachei os outros.
  • 1 casaco grosso de malha. Super quente e cheio de borbotos, e eu quero lá saber. 
  • 1 casaco algodão (ignorem as referências)
  • 2 jaquetas (este termo surgiu de uma amiga brasileira que eu chamava casaco a tudo).
  • 1 blazer.
  • +3 casacos que só uso de verão só "para aconchego" (porque raio temos roupa desta?)

 

 

  • 3 sandálias rasas (1 tipo chinelo que muda as fitas)
  • 1 sandálias altas (muda-se as fitas)
  • 2 botins
  • 1 botas tipo "trolha" (também não sei distinguir botas)
  • 2 ténis desporto
  • 2 ténis que ando no dia a dia
  • 2 sapatos tipo oxford

 

No meio desta feira, descobri que se contar com a roupa toda (tirando sapatos) tenho 70 peças. Ora isto é menos que a contagem anterior e, mesmo assim, estou a incluir casacos. 

 

Ou seja, armário de inverno tenho a uso +- 41 peças e de verão 46, sem contar com o calçado. 

 

Tornou-se tão fácil embalar e partir como chegar e arrumar. E com tanto tempo livre de preocupações sobre o que vou vestir, decidi criar uma lista de objetivos para 2019. 

 

Nunca fiz resoluções de ano novo, apenas tinha em mente terminar coisas começadas no ano anterior e com isso fazer alguma coisa. Talvez isso seja uma resolução, mas como já estava planeado, não pensava nisso como uma "vida nova" que começava ali. 

 

Mas este ano decidi fazer uma lista de coisas que quero continuar a fazer e outras que quero implementar. Vamos a isso? 

  • Viajar mais
  • Ver o mar todos os fins de semana
  • Comprar uma bicicleta
  • Andar mais de patins
  • Ler um livro por mês
  • Voltar a conduzir autocarros
  • Escrever mais
  • Escrever mais sobre armário cápsula e minimalismo
  • Recomeçar a treinar e manter ativa
  • Dar formação
  • Meditar regularmente
  • Criar pequenos hábitos como ter sempre música a tocar
  •  

E vocês? Fazem resoluções? Que objetivos tem para este ano? 

 

 

 

 

4 comentários

Comentar post